28 de nov de 2009

Vida Nova

Nesta semana, verde passou a ser minha cor preferida e eu aprendi que o Palmeiras mesmo perdendo, será meu time independente de qualquer coisa. Meu pai disse que homem que é homem, muda de mulher, mas não muda de time. Eu expliquei pra ele que eu não sou homem, mas que não vou mudar de time mesmo assim.

Nesta semana também, decidi que todos os dias, eu preciso fazer uma coisa nova. Todos os dias! Então essa semana foi uma semana realmente de estréias. Peguei vários ônibus, metrôs e trens diferentes, conheci 03 novas pessoas e conheci melhor mais 04. Aprendi a usar uma máquina interessante de fazer capuccino e aprendi um bocado a fazer coisas que eu conhecia de maneira diferente. Comprei ingressos de teatro pela internet.

Adepta a novos sabores, sexta passei vergonha no restaurante japonês. Mas tuuudo bem, porque o que importa é a coisa nova e eu estou aberta a novas coisas. Comemos também em uma pizzaria nova. Fomos para comer pizza e comemos lanche. Comi uma trakinas nova sabor sorvete de chocolate e comi em uns 04 novos lugares.

Pedi informação para uma menina do meu lado no ônibus, isso nunca tinha acontecido na minha vida, fiquei muito orgulhosa de mim. Usei roupas e sapatos novos e estou com um esmalte rosa que eu nunca tinha usado antes. Errei. E nem liguei. Eu pensei em coisas novas e pela primeira vez em muito tempo, elas me pareceram mais reais. Aí eu me assustei, mas me permiti pensar e assustar. Eu nunca senti tanta diferença em uma mudança de postura.

Eu sei que vou enjoar de verde também um dia. Porque eu enjôo de tudo, mas tudo bem. Porque a rotina faz com que as explosões de novidades sejam mais esperadas e aguardadas e valorizadas. Esta semana, resumindo, foi deliciosa. E é assim, vou continuar por enquanto tentando fazer uma coisa nova todos os dias. Só pra dar tempero.